Páginas

20.2.16

Uma experiência para compartilhar...

Oi pessoal... Tudo bem?!
Hoje tenho uma experiência especial para compartilhar com vocês!
Algo que vivenciei na minha vida, que sei que pode ajudar muitas pessoas que passam ou já passaram por isso antes.
Espero que gostem e guardem essa mensagem com carinho! ♥

A algum tempo atrás passei por um momento difícil na minha vida, mas que apesar de tudo, me ensinou muito e também me ajudou a formar a pessoa que sou hoje.
Assim hoje quero dividir com vocês um pouco do que passei e também mostrar como enfrentar situações parecidas, dando a volta por cima e não deixando de ser feliz!




Em 2013 tinha acabado de me mudar para a capital paulista, e logo meus pais me matricularam em um colégio próximo de casa.
No começo estava tranquila, pois não seria nada de outro mundo, apenas uma mudança de colégio.
Porém quando começaram as aulas, minha opinião começou a mudar.
Muitos dos meus colegas começaram a fazer piadinhas sobre mim, me apelidando de inúmeras coisas, com o intuito de me entristecer e afetar.
No começo aquela situação me magoou muito, e tive vontade de não ir mais para o colégio, porém logo meus pais me aconselharam e me ensinaram a ignorar opiniões e apelidos que só tinham o objetivo de me prejudicar.
Confesso que no começo aquilo parecia impossível, e realmente não foi fácil, mas acredito que pouco a pouco fui aprendendo e trabalhando a minha própria auto estima, simplesmente sendo feliz por ser eu e ignorando tudo o que não era bom.

Quando finalmente saí daquele colégio e fui para um outro percebi o quanto foi mais fácil me adaptar e ignorar piadinhas e apelidos ofensivos, foi assim que percebi o quanto cresci em meio aquela situação difícil.



Hoje são poucas as opiniões ruins contra mim que me incomodam.
Hoje aprendi a ser feliz por ser quem sou, aprendi a me valorizar e a gostar de mim.
Aprendi a ser eu independente do que os outros pensam de mim, e assim sigo!

Resolvi compartilhar essa experiência porque vejo que nos dias de hoje as pessoas andam insatisfeitas consigo mesmas e assim passam a criticar os demais!
E os criticados ou ofendidos acabam em uma situação difícil, magoados, feridos, com sua auto estima prejudicada, e sei que não é nada fácil!

O importante nessas horas é apenas analisar o que foi dito. Se não for bom é só jogar fora, agora se for algo bom para o seu crescimento, guarde e ponha em prática.
No mais,o que vale é ser feliz consigo mesmo, ser satisfeito por ser você, e principalmente não mudar suas atitudes ou forma de pensar por causa da opinião dos outros.

Bom gente, é isso por hoje!
Espero que tenham gostado da mensagem e que tenham aprendido algo também!

Beijocas, Nath

8 comentários:

Sileni Machado disse...

Oi Nath, o grande desafio da vida é nos aceitarmos exatamente como somos! Não devemos deixar a opinião de ninguém interferir e tão pouco prejudicar a nossa essência! Deus nos fez cada um com o seu dom, seu carisma, cada um de nós é único, saibamos respeitar as diferenças com amor! A sua mensagem é muito importante, parabéns pela iniciativa, pois muitos não sabem enfrentar tal situação!

Deus te conserve sempre assim!
Grande beijo, ótimo domingo! =)

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Oi Nath
Bacana poder compartilhar sua vivência e mostrar como superar barreiras que enfrentamos no decorrer da vida.
Beijos,tenha uma boa semana!

Poções de Arte disse...

Bom dia Nath!
Graças a Deus que seus pais puderam te orientar de boa maneira, pois hoje em dia, infelizmente, vemos pais despreparados para orientar seus filhos quanto a essas situações.
Lembro quando era moleca que adorava a música do Ultraje a Rigor "Eu me amo!" e ouvia achando engraçado e meu pai disse "tá certo... tem que se amar primeiro para poder amar os outros".
Essas situações são comuns em escolas e muitas vezes quem é alvo leva problemas para o resto da vida. Falta sabedoria de muitos pais para ensinarem seus filhos.
Que bom que venceu essa situação.

Abraços esmagadores e linda semana.

Zizi Santos disse...

Oi Nath
que bom você estar bem consigo e que as chateações ficaram lá no passado.
O melhor é se amar de verdade , seguir em frente com as orientações que recebeu de seus pais e ser feliz!
A vida toda está sempre nos testando. Algumas pessoas são críticas, maldosas e por vezes querem nos magoar.
Sou uma pessoa simples, não sigo modismos e as vezes "amigas" reparam no jeito de ser. Atualmente , não estou pintando o cabelo. É um longo processo de descolorir. Já estou pronta para os comentários. E faço como você, o que é bom fica, o que não é, deleto.

bjs

Zizi Santos disse...

Oi Nath
que bom você estar bem consigo e que as chateações ficaram lá no passado.
O melhor é se amar de verdade , seguir em frente com as orientações que recebeu de seus pais e ser feliz!
A vida toda está sempre nos testando. Algumas pessoas são críticas, maldosas e por vezes querem nos magoar.
Sou uma pessoa simples, não sigo modismos e as vezes "amigas" reparam no jeito de ser. Atualmente , não estou pintando o cabelo. É um longo processo de descolorir. Já estou pronta para os comentários. E faço como você, o que é bom fica, o que não é, deleto.

bjs

Sandra Coelho disse...

Oi Nath, amor eu já tenho 33 anos e ainda sou ofendida por pessoas por ser baixinha, tenho 1,55 de altura, casada há 7 anos e ainda tem gente que tenta me derrubar com piadinhas, mas a vida é assim mesmo flor. Infelizmente o mundo tá cheio de pessoas que procuram ofender pra esquecer suas frustrações! Um xeru e bom início de semana.

http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

Primaveril no muro disse...

Olá!
Obrigada por passar uma mensagem tão otimista.

Saudações do primaveril!

Tays Rocha disse...

Oi Nath,

Imagino o quanto tenha sido difícil, uma época aqui eu tive no meu blog os famosos haters, que são pessoas que deixam comentários maldosos, criticam, ofendem e te perseguem pelas redes sociais. Sofri no começo porque não conseguia entender o porquê dessa pessoa tentar me atingir a todo custo. Depois passei a ignorar, e hoje é muito difícil eu me aborrecer com algo desse tipo. Feliz pelo teu crescimento e maturidade, que situações como essa nunca mais se repitam. Beijos ♥